por que a rotina de sono do seu filho é tão importante e como fazer isso

março 30, 2016

14 coisas que você precisa saber sobre o sono do seu filho

1. É importante manter um ritmo estável nas atividades da criança, principalmente na alimentação e no sono. Isso vai ajudar seu filho a entender quando é hora de fazer essa ou aquela atividade e a dar segurança e estabilidade a ele.

2. Dormir cedo é importante porque, quando escurece, o organismo libera a melatonina, o hormônio do crescimento. A recomendação dos especialistas é de que as crianças devem ir para a cama por volta das 20h, todos os dias.

3. Estabelecer uma rotina antes da hora de dormir ajuda a criança entender qual é o momento de desacelerar. Vale o que funcionar melhor para a família, mas é fundamental seguir os horários e a sequência das atividades, como tomar banho, escovar os dentes, colocar o pijama, cantar ou ler uma história…

4. Quando estiver próximo da hora de dormir, diminua as luzes e os ruídos da casa. Quanto mais calmo o ambiente estiveer, melhor para a criança, que entenderá que aquele é o momento de descansar.

5. Exceto nos casos em que haja recomendação médica ou quando o bebê for muito pequeno, não precisa acordá-lo para mamar durante a noite. Espere até que ele desperte para solicitar o leite.

6. Procure oferecer refeições mais leves à noite, para facilitar a digestão e o sono da criança.

7. Para as crianças maiores, evite oferecer líquidos em horários próximos ao momento de dormir, para que a vontade de ir ao banheiro não ajude a despertá-las. O último copo de água deve ser ingerido, preferencialmente, pelo menos uma hora antes do seu filho ir para a cama.

8. Deixar a luz acesa não é necessário e pode interferir na produção de melatonina. O melhor é deixar o ambiente totalmente escuro e, se a criança sentir medo ou desconforto, opte por uma luz mais fraca, em tom de azul, bem discreta.

9. Nada de televisão, celular ou tablet antes de dormir. Os aparelhos podem deixar as crianças agitadas e atrapalhar a chegada do sono.

10. Ensinar aos bebês o que é dia e o que é noite é uma tarefa que deve começar cedo, de preferência já na segunda semana de vida. Não precisa mudar a rotina da casa durante o dia. Ou seja, a família deve mantê-la iluminada e não evitar barulhos da rotina doméstica, como o telefone, as conversas, as visitas, o liquidificador ou o aspirador de pó, mesmo que seu filho esteja dormindo.

11. No horário habitual do despertar da criança, abra as janelas. Faça isso todos os dias, no mesmo horário. Isso vale dos bebês aos mais velhos.

12. Os cochilos também devem seguir uma rotina, sempre no mesmo horário. Geralmente, as crianças preferem fazer isso depois do almoço. Evite os horários das 9h ao meio-dia, que pode postergar a soneca da tarde, e o das 17h às 20h, que pode atrapalhar a rotina noturna.

13. Nas primeiras seis a oito semanas, o bebê não consegue ficar acordado por mais de duas seguidas, portanto, não se deve esperar muito mais que isso para colocá-lo para dormir, pois, se ele estiver cansado demais, pode ficar irritado e sentir dificuldades para adormecer.

14. Pode ser complicado, mas, mesmo aos finais de semana ou quando os pais estiverem fora de casa, a rotina deve ser seguida, conforme for possível. Procure fazer poucas exceções para a criança ter o mesmo horário de dormir e acordar. Isso transmite segurança.

Comentar
Autismo: Comportamento, Inclusão Social e EscolarCrianças podem tomar café?
All comments (4)

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *